Volte imediatamente ao 1º amor.


Ame, busque a presença do Senhor e O obedeça (para que muitos [e você também] não caiam nas desgraças do maldito).

Antes de encararmos qualquer alvoroço social (vida cotidiana, trabalho e, até mesmo, cultos, evangelismo, etc.), precisamos, primeiramente, conversar em particular com Deus, a fim de que possamos ouvir a Sua voz (em oração) a nos dizer o que fazer, como proceder (etc.), até porque, Jesus é o Senhor de nossa vida e, como tal, quem DETERMINA tudo é Ele.

Muitas vezes tropeçamos porque não buscamos escutar a voz do Senhor ou, escutando, não obedecemos com retidão.

João: 3. 36.

Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.

Porém, a obediência ao Senhor só se torna verdadeira (consequentemente, prazerosa), quando Ele habita em nós e o fogo do Espírito Santo de Deus queima ardentemente em nosso peito. Esse queimor é geralmente bastante intenso quando nos convertemos e que produz muitos frutos e grande vontade de servir a Deus.

Com o passar do tempo, acabamos por deixar esta chama da paixão por Cristo se apagar, ainda que sejamos bastante religiosos (e os motivos são vários, tanto de nosso cotidiano, quanto das próprias doutrinas inócuas da própria igreja local).

Conseqüência do esfriamento espiritual: perdemos a comunhão com Deus e os frutos do Espírito Santo param de se manifestar em nossas vidas, o que nos deixa vulneráveis, momento em que o pecado fica bastante propenso para adentrar (e, na maioria das vezes, mais intensamente) novamente em nossas vidas e, pior, nem percebemos direito.

É por isso que é tão importante VOLTAR ao primeiro amor, ou seja: sentir aquele ardor do amor de Deus queimando em nossos peitos, intensamente.

Aquilo que sentimos inicialmente na conversão nos impulsionava para servir cegamente ao Senhor: uma grande vontade de conhecer melhor a Palavra de Deus, lendo e meditando nas Escrituras; um anseio incontrolável de evangelizar, participar ativamente dos trabalhos da igreja local, pregar, visitar os enfermos e encarcerados, etc., etc., etc.

E Deus nos reprova quando não temos esse amor intenso por Ele (devemos ser entorpecidos de amor por Cristo o tempo todo, seja lá quais forem as circunstâncias).

Apocalipse: 2. 4.

Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor.

Portanto, temos que dizer para nós mesmos e para Deus: Quero voltar imediatamente Senhor a ser perdidamente apaixonado por Ti ó Pai ! QUERO VOLTAR AO PRIMEIRO AMOR !

Pedirdes e Deus vos concederá:

João: 11. 22.

E mesmo agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá.

Ó Jesus, tenho tanta vontade de Ti servir que não consigo mais pensar direito em outras coisas do cotidiano. Nem consigo mais pensar direito em trabalho, laser, saúde, etc.

Sei que isso não é normal, mas não sei dizer se isso é bom (como sou novo convertido e, apesar de ler e meditar nas Escrituras Sagradas constantemente, não tenho muita experiência e nem vivência cristã. Ainda sou um bebesinho na fé), afinal de contas, todos nós temos que trabalhar para nos mantermos, no entanto, não consigo identificar se este é o fogo da minha chamada ministerial.

Por isso, Ó Deus eterno e maravilhoso, peço que me dê discernimento para que eu possa fazer apenas aquilo que for da Tua vontade, que é perfeita e boa e ser um VERDADEIRO discípulo Teu.

Mateus: 28. 16.

Partiram, pois, os onze discípulos para a Galiléia, para o monte onde Jesus lhes designara.

Muitos dos acontecimentos bíblicos após o nascimento de Jesus Cristo, deu-se em Jerusalém, antes de sua morte e ressurreição, no entanto, após ressuscitar, Jesus marcou um encontro com seus discípulos na Galiléia.

Jerusalém era o local onde “tudo” aconteceu e acontecia; era uma cidade badalada; era o centro das atenções de muitos, no entanto, Jesus mandou os seus discípulos para a Galiléia, que era pequena, pacata, em fim, uma cidade secundária, que ninguém dava atenção.

Até o deslocamento era incômodo.

E, naquele local, sereno e pacato, tornara-se possível escutar a voz do Senhor com clareza, sem que suas atenções fossem desviadas pela “agitação” de Jerusalém e isso significa que, antes de ouvirmos a voz de Deus, precisamos estar no lugar certo, na hora certa.

É por isso que devemos procurar Deus no secreto de nossas vidas.

Mateus: 6, 6.

Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.

Deus não quer que sejamos hipócritas. Precisamos viver para Ele e não para este mundo corrupto e isso significa dizer que, mesmo que fiquemos no anonimato, Deus nos honrará porque estamos vivendo para Ele e por Ele e só a Ele interessa os nossos atos (o reconhecimento de bons atos são importantes para Deus, por isso, nossa preocupação não é com o “mundo”).

Mateus: 6. 5.

E, quando orardes, não sejais como os hipócritas; pois gostam de orarem pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa.

E porque Jesus os convocou para se deslocarem até a Galiléia ?

Justamente, para ter com os 12 o mandamento que selaria o nosso futuro com Ele:

Mateus: 28. 19-20.

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.

Se milhões e milhões de pessoas conheceram a Palavra de Deus e, consequentemente, creram e, por isso, se salvaram, foi justamente porque os discípulos obedeceram a ordem do Senhor Jesus, cujo propósito é perfeito.

Jesus não deu uma sugestão. Deu um ordem !

Preciso obedecer as ordens do nosso Senhor e único Salvador:

Nossa DESOBEDIÊNCIA é fatal para a vida de muitos “perdidos” (e para nossa vida também), que acabam terminando os seus dias na terra sem ter conhecido a Palavra Santa do Senhor e, consequentemente, não creram na salvação.

A culpa é nossa, os desobedientes, pelas muitas almas que se vão para distante de Cristo e, um dia, frente a Ele, prestaremos contas de nossa inércia e irresponsabilidade.

Precisamos voltar ao 1º AMOR imediatamente, a fim de que, com o coração ardendo em chamas (do Espírito Santo de Deus), possamos obedecê-Lo, levando Sua Palavra Bendita até os confins do Planeta, fazendo discípulos, batizando em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo; ensinando tais novos convertidos a OBEDECER os mandamentos do Senhor !

Caso contrário, Jesus não estará conosco todos os dias até a consumação dos séculos, pois estaremos afastados Dele porque O DESOBEDECEMOS !

Pense nisso !

Por Aldo Corrêa de Lima (Inspiração após o culto ministrado pela Igreja Batista da Lagoinha, de Belo Horizonte, Minas Gerais, transmitida pela REDE SUPER, ao vivo, em 28.03.2010, através do Satélite BrasilSat B-4) – Toda a honra e Glória sejam dadas ao Senhor.

https://malucoporjesus.wordpress.com

http://malucoporjesus.ning.com

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s