Amor próprio


 

O nosso amor próprio está baseado no valor que Deus nos dá.

Salmos 8:3-5:

“Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem, para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites ? Contudo, pouco abaixo de Deus o fizeste; de glória e de honra o coroaste.”

Deus dá-nos valor por causa do Seu carácter, não do nosso.

Salmos 113:7-8:

“Ele levanta do pó o pobre, e do monturo ergue o necessitado, para o fazer sentar com os príncipes, sim, com os príncipes do seu povo.”

Deus aprecia-nos e estamos constantemente no Seu pensamento.

Salmos 139:17-18:

“E quão preciosos me são, ó Deus, os teus pensamentos! Quão grande é a soma deles! Se eu os contasse, seriam mais numerosos do que a areia; quando acordo ainda estou contigo.”

Nós somos queridos por Deus.

Lucas 12:6-7:

“Não se vendem cinco passarinhos por dois asses? E nenhum deles está esquecido diante de Deus. Mas até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais, pois mais valeis vós do que muitos passarinhos.”

Para podermos avaliar-nos correctamente e honestamente necessitamos saber a base do nosso amor próprio – a nossa identidade em Cristo.

Romanos 12:3:

“Porque pela graça que me foi dada, digo a cada um dentre vós que não tenha de si mesmo mais alto conceito do que convém; mas que pense de si sobriamente, conforme a medida da fé que Deus, repartiu a cada um.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s