Como eu posso saber se uma profecia é verdadeira ?


profeta de Haraque

Inúmeras idéias e diferentes pensamentos pairam sobre o mundo. Como o cristão pode discernir o que é genuíno, ou seja, vem de Deus, do que é falso?

 

Permanece para nós a instrução dada pelo apóstolo João “Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.” 1 João 4:1

 

Muitos crentes fiéis têm sido levados a práticas que não condizem com a Bíblia porque não estão olhando atentamente às profecias que tem recebido.

 

Tanto o profeta como a profecia dever ser avaliados criteriosamente, para que não haja sofrimento, tristeza e insucesso no lugar em que deveria reinar a paz, justiça e alegria do Senhor.

 

Seguem alguns passos interessantes que podem ser considerados quando recebemos uma direção divina, o texto é baseado no livro “Sete Passos para Julgar a Profecia de Keneth Hagin – Graça Editorial”.

 

1º passo: Uma profecia verdadeira vem de um profeta que produz bons frutos

 

Jesus é muito claro: Árvore boa produz bom fruto, árvore ruim não pode dar bons frutos. (Mateus 7:17) Sua aparência externa até é mansa e muito humilde, mas por dentro é lobo devorador. (Mateus 7:15)

 

A mentira, a injúria, a contenda não são frutos de Deus.

 

Se o profeta que se diz de Deus tem vida e atitudes duvidosas, desconsidere a profecia dada por ele.

 

2º passo: Uma profecia verdadeira glorifica a Cristo e não aos homens.

Se o profeta e a profecia estiverem corretos, eles testificarão de Jesus.

 

A profecia que é de Deus aponta para Jesus.

 

Se atraírem a atenção para o homem está errado: Jesus Cristo é o Senhor. (“Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.” 1 Corintios 12:3)

 

Julgue o profeta e a profecia de acordo com a sua atitude perante nosso Mestre Jesus: se o homem ganha mais destaque do que o Senhor, desconsidere-a.

 

Tudo o que cria divisão no Corpo de Cristo, está fora da palavra de Deus.

 

3º passo: Uma profecia verdadeira sempre concorda com as Sagradas Escrituras.

 

A profecia não é fruto do raciocínio humano, se o crente não vigia acaba dando ouvidos a coisas que não provêm de Deus e sim da mente humana.

 

O Espírito Santo e a palavra de Deus sempre concordam entre si. (“Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.” 2 Pedro 1:21)

 

Para que este passo seja dado de forma produtiva é imprescindível conhecer bem o que diz a Bíblia e confrontá-la com a profecia recebida, o mínimo indício de incompatibilidade invalida a profecia.

 

4º passo: Uma profecia verdadeira se cumpre.

 

Muitos ditos profetas acabam por fazê-lo através de suas mentes é por isso que aquela profecia não se cumpre, porque não veio de Deus, mas da criatividade humana. (Deuteronômio 18:20 a 22)

 

5º passo: Uma profecia verdadeira além de se cumprir, vem de Deus.

 

Nem todas as profecias são de Deus embora elas possam realizar-se. (Veja Deuteronômio 13:1 a 5)

 

A profecia verdadeira quando se cumpre glorifica a Deus e aproxima você mais ainda do Senhor.

 

Por vezes dizem: “aquilo deve estar certo porque aconteceu”, nem sempre isso é verdade.

 

Volte ao passo nº 2: o que aconteceu glorificou ao Deus ou ao homem? O sinal ou maravilha concretizado na sua vida afastou-o ou aproximou-o mais ainda de Deus, do Espírito Santo e de Jesus?

 

6º passo: Uma profecia verdadeira produz liberdade e não escravidão.

 

“Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.” 2 Corintios 3:17 ou seja, se a profecia o está levando ao cativeiro, não é de Deus, pois o interesse dEle é libertar todos os seres humanos, deixando-os livres.

 

As bênçãos de Deus enriquecem e não acrescentam dores e nem sacrifícios, muito menos endividamento e sofrimento. Também não acorrentam você a nenhum líder religioso.

 

7º passo: Uma profecia verdadeira faz com que a unção do Espírito Santo permaneça em você.

 

O cristão tem a unção do Espírito Santo e sabe tudo. É essa unção que nos ensina todas as coisas (1 João 2:20 a 27) e que detecta quando algo não está certo.

 

O Espírito Santo nos informa quando algo não vai bem, sabemos disso imediatamente e isso pode evitar a ocorrência de muitos enganos.

 

A Bíblia diz que a unção do Senhor está em você. Precisamos apenas ter suficiente bom senso para saber quando as coisas estão desalinhadas, a fim de organizá-las. A mesma coisa é verdade no que concerne aos profetas e à profecia.

 

Espero que esta mensagem tenha sido produtiva para você tanto quanto foi para mim.

  

Em Nome de Jesus.

 

Mônica Gazzarrini.

 

 Renascida em Cristo desde 2004, estudiosa do Evangelho, autora dos livros “Como conhecer Deus na prática – Tudo o que você queria saber sobre a caminhada com Deus” Volume 1 e Volume 2

 

Fonte: http://www.artigonal.com/evangelho-artigos/como-eu-posso-saber-se-uma-profecia-e-verdadeira-489439.html

Anúncios

3 thoughts on “Como eu posso saber se uma profecia é verdadeira ?

  1. Lembrei-me agora de uma certa Dirigente do Círculo de Oração da Assembléia de Deus (na época, Ministério Caruaru – PE), que, “em nome de Jesus”, profetizava várias heresias, inclusive envergonhando a esposa do Pastor publicamente, entre outros vários episódios lamantáveis.

    Ela era a Rainha da “Profetada” na Igreja.

    Resultado: adveio vários males contra ela e sua família !

    Que isso sirva de lição. A Palavra de Nosso Senhor Jesus Cristo deve ser encarada com intensa SERIEDADE, mas com muito DISCERNIMENTO.

  2. Pingback: Profecia verdadeira ou falça!? « Blog do Pregador Wellington Soares

  3. O Estudo da palavra de Deus, é muito importante na vida de qualquer pessoa, cristão ou não cristão. A bíblia sagrada é um livro muito bom. É um livro que nos ensina, como viver a nossa vida. A questão da profecia é uma questão de exercitar a nossa mente. Tudo aquilo, que vem de uma pessoa que dar um bom testemunho é verdadeiro. O bom testemunho é amar a seu semelhante, ser humilde, praticar a caridade, não ser invejoso, não ser vaidoso, ser paciente com os outros, amar a Deus, e saber agradecer, tanto na vitória, como na adversidade. Esse blog é muito bom.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s