O PROPÓSITO ETERNO DE DEUS !


 deus

Este é um tema básico, fundamental. Devemos receber totalmente em nossos corações as verdades aqui contidas. Não pode ser um mero estudo de uma apostila. Deve tomar conta de todo o nosso ser. Mente e coração devem estar tomados do conhecimento da glória que há no propósito do Senhor. O propósito (alvo, meta) é que vai direcionar todo o nosso comportamento, trabalho, ênfase, enfoque e maneira de agir. Se quisermos verdadeiramente cooperar com Deus, devemos conhecer bem seus desejos, seu propósito, seu coração.

Tudo o que fizermos, só terá valor eterno, na medida em que cooperar com o propósito de Deus.

 

Um erro muito comum

Por anos, muitos cristãos tem vivido sem conhecer qual é o propósito (objetivo) de Deus para com suas vidas. Muitos tem crido, equivocadamente, que nossa meta como cristãos é chegar aos céus. Baseiam-se para isso em textos como os de I Timóteo 2:3-4; II Pedro 3:9 e ainda João 3:16. Vendo a Bíblia com um enfoque humanista, (isto é, o homem no centro), concluem que o propósito de Deus é a salvação dos homens. Tudo gira em torno do homem e de suas necessidades.

Esta visão equivocada ocorreu porque sempre víamos o propósito de Deus começando com a queda do homem. Sendo assim, como o homem está perdido, a salvação do homem se tornou o centro do propósito eterno de Deus. Aqui estava o erro e aqui devia ser feita a correção. É claro que Deus quer salvar a todos os homens. Isto vemos claramente nos textos de I Timóteo 2:3-4; II Pedro 3:9 e João 3:16. Mas nós não devemos confundir aquilo que Deus deseja com o que é o seu propósito. O propósito de Deus não surgiu com a queda do homem, é algo que já estava em seu coração desde antes da fundação do mundo (Efésios 1:4,11).

Então podemos argumentar da seguinte forma: se antes da fundação do mundo Deus tinha o propósito de salvar o homem, e fez o homem para cumprir este propósito, então Deus é cúmplice do pecado. Deus necessitava que o homem pecasse para poder cumprir o seu propósito. Quando Deus disse: “Não coma deste fruto”, na verdade, Ele queria que o homem comesse e pecasse, e ficasse perdido e em trevas, para, então, poder cumprir com seu propósito de salvar os homens.

Tudo isso é uma grande contradição. É claro que Deus quer salvar os homens, mas isto foi necessário por causa da queda. Entretanto, necessitamos conhecer a primeira intenção de Deus, o propósito que Ele tinha em seu coração quando fez o homem, pois seu propósito é imutável. DEUS NÃO MUDOU DE PROPÓSITO POR CAUSA DA QUEDA.

 

Qual a Intenção de Deus ao Criar o Homem?

Também disse Deus: Façamos o homem a nossa imagem, conforme a nossa semelhança (Gênesis 1:26).

a) A intenção de Deus ao criar o homem era de ter uma grande família de muitos filhos à sua própria imagem, e encher a terra com uma família que expressasse a sua glória e autoridade (Gênesis 1:27-28).

b) Como Adão tinha sido criado à imagem de Deus, e cada ser se reproduzia segundo a sua própria espécie, quando Adão e Eva se multiplicassem, reproduziriam filhos a imagem de Deus.

 

Como o Pecado Interferiu ?

Todos nós conhecemos a triste história. O pecado de Adão foi uma intromissão violenta e diabólica no propósito de Deus. Por meio dele o homem se tornou culpado, alvo da ira de Deus, merecedor de castigo eterno, expulso da presença de Deus e sem comunhão com Ele. O salário do pecado é a morte.

Mas houve uma conseqüência ainda maior. O problema não foi apenas que o homem se tornou culpado diante de Deus, mas também a sua própria natureza se “estragou”, se corrompeu. O homem perdeu a imagem de Deus, tornou-se numa outra criatura. Não era mais o mesmo homem, era um homem morto para Deus; inútil para cumprir seu propósito.

Já sabemos que cada ser se reproduz segundo a sua própria espécie. Portanto, quando Adão se corrompeu, toda a sua descendência ficou arruinada. (Gênesis 5:3; Romanos 5:12).

 

Deus desistiu do Seu porpósito?

Embora o homem pecasse, Deus não mudou o seu propósito inicial. Deus não tem diversos planos, nem muitos propósitos; não criou um novo alvo, nem abriu mão do que queria desde o princípio.

Deus necessita agora criar uma nova raça, porque todos os descendentes do primeiro homem ficaram inúteis para o seu propósito. Como fez isso?

O primeiro homem, Adão, foi feito ser vivente. O último Adão, porém, é espírito vivificante. Mas não é primeiro o espiritual e, sim, o natural; depois o espiritual. O primeiro homem, formado da terra, é terreno; o segundo homem é do céu. Como foi o primeiro homem, o terreno, tais são também os demais homens terrenos; e como é o homem celestial, tais também os celestiais.(I Coríntios 15:45-48).

Pelo nascimento natural (de carne e sangue), pertencemos a raça de Adão, estragada e inútil. Mas pelo novo nascimento nos tornamos participantes da raça celestial.

Adão perdeu a imagem de Deus porque foi rebelde (Gênesis 3:1-7). Jesus, que é a imagem do Deus invisível (Colossenses 1:15), sempre fez a vontade do Pai (João 4:34), e em tudo lhe agradou (João 8:29), foi obediente até a morte (Filipenses 2:8).

Todo o homem que crê naquele que o Pai enviou (João 6:29), nega-se a si mesmo e toma a sua cruz (Mateus 16:24), perde a sua vida (Mateus 16:25), recebe o senhorio de Jesus Cristo (Romanos 10:9) e se batiza em Jesus Cristo (Marcos 16:16), este se torna uma nova criatura (II Coríntios 5:17), recebe a natureza de Deus (II Pedro 1:4) e recebe a imagem daquele que o criou (Colossenses 3:10).

Toda a glória do plano de Deus havia se perdido no pecado. Mas Deus Pai não desistiu. Qual a sua esperança? “Cristo em vós, a esperança da glória” (Colossenses 1:27).

Anúncios

8 thoughts on “O PROPÓSITO ETERNO DE DEUS !

  1. vlw mano
    vc esta salvo de todas as coisas ruíns de desse mundo
    meu sonho seria se todo mundo vc como vc
    o mundo era outro pode crer

  2. Estar APAIXONADO por Jesus significa dizer simplesmente que o fogo da Paixão que está dentro do meu coração pelo meu Criador arde incontrolavelmente dentro de mim.

    É muito mais forte do que o intenso “fogo de palha”, só que com uma GRANDE diferença: NUNCA SE APAGA !

    Essa ardente paixão por Jesus já é AMOR propriamente dito porque sinto uma vontade quase incontrolável de me entregar completamente a Ele, consequentemente, entregar-me à OBRA DE DEUS, servindo-o !

    O conceito de paixão e amor que vc expressou está muito equivocado, até porque trata-se de uma idéia que a mídia (a sociedade de um modo geral) disseminou e, assim, virou praxe pensar desta forma, pelo menos para as pessoas que ainda não despertaram para a necessidade de ter um senso crítico mais aguçado !

    Que Deus a abençoe !

  3. Meu querido, esse negócio de ser “APAIXONADO” por quem quer que seja não é boa coisa. É preciso saber a diferença de paixão e amor.
    Paixão é um sentimento louco, possessivo e ciumento que alguém nutre por outra pessoa e, tão logo consegue conquistá-la, é tomado
    por um sentimento de repulsa maior que o da paixão que sentia anteriormente à conquista.Resumindo, paixão é fogo de palha.
    Amor é um sentimento sincero que não se extingue mesmo que não seja
    correspondido e mesmo que seja rejeitada pela outro a pessoa não a
    odeia, não a mata, não perpetra vingança contra ela, enfim; quer sempre ver o outro feliz.Portanto eu quero AMAR JESUS e não me APAIXONAR POR ELE. E N T E N D E U ?

  4. deus ele e o pai de todos nos por isso quando estiver triste perscisando de algo conversse com deus pois ele vai ajudar voce
    deus e a nossa vida nao se esqueça disso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s